vancostt

 

Chegamos ao ápice da emoção, aquela alegria irradiava luz. A pista de dança se transformou no palco da nossa felicidade. Éramos um só, aquele delírio ofuscava os outros casais, não existia tristeza no nosso universo, éramos feitos um para o outro. Naquele ritmo frenético eu vibrava com os seus movimentos, você me lançava olhares, me tocava a cintura e eu me sentia completamente envolvida.  Sim, você me agarrava com força, era possível ouvir os batimentos cardíacos do seu coração. Abriram uma grande roda no meio da pista, os outros dançarinos batiam palmas, queriam partilhar, queriam aprender como se ama ao som da música, e lá estávamos a fazer o nosso show. Inesperadamente, um sapato sobrevoou a pista de dança de uma ponta a outra, todos os casais e dançarinos pararam para assistir. Eu não queria acreditar na piada, todos riram naquela hora, o dono do sapato era você, com todo aquele entusiasmo o sapato saiu do seu pé sem que ninguém podesse esperar. De súbito eu lancei os meus sapatos para o alto também, éramos cúmplices, e o show era todo nosso. Aplausos e mais aplausos ao casal de dançarinos e aos seus sapatos voadores...

 

Van Costt

 

 

publicado por Van Costt às 16:54